COMO RESPONDER À DEPRESSÃO E AO SUICÍDIO

06/09/2017 14:57

COMO RESPONDER À DEPRESSÃO E AO SUICÍDIO

 

          João 14.16 “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco”.

 

            O recebimento de um whatsApp  de uma irmã, levou-me a fazer uma  reflexão  sobre COMO RESPONDER À DEPRESSÃO E AO SUICÍDIO. Eu não conheço pessoalmente a pessoa, mas é uma partícipe da Igreja e me escreveu dizendo: ‘Socorro, Apóstolo. Eu estou tendo ataques do inferno, eu ouço vozes, eu tenho vontade de me cortar toda, eu tomo remédios para dormir, todas as portas de emprego foram fechadas, eu vivo numa aflição tão grande, o auxílio financeiro da minha casa está acabando, estou fria, fui me afastando da Igreja, sinto-me totalmente, derrotada, faltam-me forças, estou em depressão.’

 

         Ao receber o WhatsApp, o Espírito falou-me que era preciso tratar deste assunto.  Eu posso asseverar que há alguém entre nós ou em qualquer parte do mundo neste momento, que pode estar vivendo um caos, pessoas podem estar oprimidas por uma depressão tremenda, e ninguém sabe! A irmã do whatsApp certamente, nada disse nunca a alguém da Igreja que estava vivendo esse drama!  Eu pensei em aproveitar este pedido de socorro e dar uma  resposta pública, uma vez que não poderia tratar um assunto tão sério no gabinete pastoral. Por que não falar sobre   a depressão, uma vez que é algo tão sério que o final dela, muitas vezes,  é o Suicídio.

 

             As estatísticas mostram que uma a cada dez pessoas sofre  severa depressão. Os médicos, os psiquiatras, os meus colegas psicanalistas, dizem que a depressão é também chamada de ‘ depressão clinica’, é aquela depressão mais severa. Hoje existem muitos medicamentos e muitas formas  para tratar a questão da depressão. Ora, se existem muitos medicamentos e muitos tratamentos, muitas definições e descrições para a palavra ‘depressão’.

 

           O que é a depressão?

           Normalmente, a depressão é um estado de tristeza, é um estado de desesperança, um estado de melancolia, um estado de inércia, de desânimo e uma em cada dez pessoas, tiveram  em algum nível das suas emoções, em algum momento da sua vida. É algo que preocupa de fato as famílias, a igreja, os grupos sociais de modo geral.

 

            Mas o quê  a Palavra de Deus diz a respeito de depressão?

            A  Bíblia descreve a depressão com várias palavras: abatimento, tristeza, solidão, desencorajamento, desânimo, luto, problemas emocionais, problemas pessoais, vida miserável, desespero, coração partido.             Por curioso que pareça, não existe a palavra ‘depressão’ na Bíblia, mas, existem palavras similares que alguns se identificam com elas. Provérbios 12:25 “A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa

 

 

 

 

palavra o alegra.” É assim que o sábio fala  sobre depressão. Onde chega a Palavra de Deus, a ansiedade e esse abatimento têm que sair da vida da pessoa! A Palavra de Deus tem este poder, tem esta capacidade de fazer o renovo na vida.

 

            É muito importante saber, então, como a Bíblia descreve, em palavras similares, o que é a depressão. Dizem as estatísticas que nós vivemos o século, a era da depressão. Por isso, tanta gente vive deprimida,  vive de forma sobrecarregada, e tantos jovens têm tirado a própria vida, porque também vivem deprimidos. Tantas pessoas têm encontrado no suicídio o final desse abatimento persistente, essa ansiedade que é um tacão violento sobre as suas emoções, conforme disse o sábio: ‘...a ansiedade no coração do homem o abate...’

 

            A Palavra mostra que a depressão pode atacar qualquer pessoa, incluindo um filho de Deus. E, eu venho testemunhar isso, porque houve um período da minha vida que eu sofri com o sentimento de depressão, de desesperança, de abatimento e de tristeza. E, quantas vezes, passou pela minha mente a palavra ‘morte.’ A depressão pode atacar também qualquer pessoa, de qualquer idade. Pode atacar a pessoa pobre ou rica, tanto faz. Há pessoas que dizem que a depressão é coisa de rico. Não, não! A bíblia relata personagens bíblicos pobres e ricos que passaram pela depressão. Como a personagem Noemi, sogra de Rute, ela era uma mulher pobre e ela sofria desses sintomas que nós encontramos em Provérbio(acima citado).

 

            Diz no livro de Rute 1.9-13 “O SENHOR vos dê que sejais felizes, cada uma em casa de seu marido. E beijou-as. Elas, porém, choraram em alta voz e lhe disseram: Não! Iremos contigo ao teu povo. Porém Noemi disse: Voltai, minhas filhas! Por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no ventre filhos, para que vos sejam por maridos? Tornai, filhas minhas! Ide-vos embora, porque sou velha demais para ter marido. Ainda quando eu dissesse: tenho esperança ou ainda que esta noite tivesse marido e houvesse filhos, esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Abster-vos-íeis de tomardes marido? Não, filhas minhas! Porque, por vossa causa, a mim me amarga o ter o SENHOR descarregado contra mim a sua mão.” Que vida amarga Noemi e Rute viviam. Rute era uma mulher pobre, o marido e os filhos tinham morrido, ela tinha perdido tudo e estava sendo amargamente pisada por um sentimento de incapacitação por causa da amargura que lhe invadiu o coração. Portanto a depressão não é apenas doença de ricos não.

 

           Há também um homem rico na Bíblia Sagrada que teve também depressão.

          Trata-se de Salomão, o homem mais rico da Bíblia, mas está dito  em Eclesiastes 1:18 “Porque na muita sabedoria há muito enfado; e quem aumenta ciência aumenta tristeza. “Ele falou de ‘enfado’ e da ‘tristeza’ Isso é similar à depressão.

 

         

 

 

 

           A depressão também atingiu o  Jovem Davi!

           Davi disse no Salmos 6.6-7 “Estou cansado de tanto gemer; todas as noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago. Meus olhos, de mágoa, se acham amortecidos, envelhecem por causa de todos os meus adversários. ”Ele se declarou cansado, ‘Eu estou cansado, eu gemo, eu choro todas as noites.

 

           A depressão se fez presente também na vida de um idoso trata-se de Jó!

           Portanto, vimos uma pessoa pobre, uma pessoa rica, uma pessoa jovem e um idoso. 10.1 “A minha alma tem tédio à minha vida; darei livre curso à minha queixa, falarei com amargura da minha alma.”  Portanto, em Jó a depressão manifestou tédio, amargura e queixa… porque ele estava dominado pela depressão.

 

           A depressão  também se fez presente  num homem que era considerado o ‘Profeta Chorão’, trata-se de Jeremias.

           Jeremias 13.17 “Mas, se isto não ouvirdes, a minha alma chorará em segredo por causa da vossa soberba; chorarão os meus olhos amargamente e se desfarão em lágrimas, porquanto o rebanho do SENHOR foi levado cativo.” O profeta estava deprimido e falou que sua alma choraria em segredo por causa da soberba                 demonstrada pelo povo... O Profeta chorava em segredo! Ele estava dominado por uma depressão.

 

           A depressão também chegou à vida de Ana.

           1ª Samuel 1:6-7 “(A sua rival a provocava excessivamente para a irritar, porquanto o SENHOR lhe havia cerrado a madre.) E assim o fazia ele de ano em ano; e, todas as vezes que Ana subia à Casa do SENHOR, a outra a irritava; pelo que chorava e não comia.” Percebemos que existem aqui sintomas do que é uma vida sem esperança, uma vida triste, uma vida em depressão.

          Quando ocorre um desastre na vida de uma família, seja um luto, seja uma perda pode ser perda de emprego, perda de saúde, perda de bens, muitas vezes, se instala a depressão. Há também disto um exemplo em 1ª Samuel 30:3-4 “Davi e os seus homens vieram à cidade, e ei-la queimada, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas eram levados cativos. Então, Davi e o povo que se achava com ele ergueram a voz e choraram, até não terem mais forças para chorar.” Ele caiu em depressão profunda por causa dos acontecimentos.

          Quantas pessoas, neste momento sejam jovens, senhores, senhoras têm chorado amargamente até perder as forças por causa da depressão. São momentos da vida   que quando a pessoa não tem recursos espirituais, quando ela não sabe rechaçar esse tipo de emoção negativa, é dominada pela depressão. O que é curioso é que, isto pode acontecer também em um momento de sucesso, de vitória e de; até mesmo nesses momentos podem ocorrer decepções emocionais.

 

 

 

 

 

 

        A depressão chegou também ao profeta Elias.

         Elias derrotou quatrocentos e cinquenta Profetas de Baal no Monte Carmelo. 1ª Reis 18.19 “Agora, pois, manda ajuntar a mim todo o Israel no monte Carmelo, como também os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal e os quatrocentos profetas do poste-ídolo que comem da mesa de Jezabel.” Um vitorioso! Deus desceu, lambeu as águas do Altar do sacrifício. 1ª Reis 18.38 “Então, caiu fogo do SENHOR, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e a terra, e ainda lambeu a água que estava no rego.”No dia seguinte, uma mulher mandou um recado de ameaça a Elias. 1ª Reis 19.1-2 “Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito e como matara todos os profetas à espada. Então, Jezabel mandou um mensageiro a Elias a dizer-lhe: Façam-me os deuses como lhes aprouver se amanhã a estas horas não fizer eu à tua vida como fizeste a cada um deles.”

 

         Qual foi a reação desse homem vitorioso, um Profeta que Deus levou em carruagem de fogo, um homem que fez tantos milagres?

         A depressão o pegou. 1ª Reis 19.4 “Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais.” Falamos de um profeta que teve uma vitória tremenda! Ele matou quatrocentos e cinquenta bruxos, Pais de Santo, Profetas de Baal! Deus se manifestou lambendo as águas do Altar. Um homem com autoridade para mandar vir fogo do céu! Após uma conquista, um sucesso, uma grande vitória, ele deu asas a um sentimento de medo, queria morrer, ao   sentir-se golpeado pela depressão.

 

         Eu penso que se não houver recursos espirituais, ajuda da Igreja,  ajuda de quem sabe oferecer ajuda efetiva, se a família não demonstrar zelo e cuidado pelo deprimido, a tendência da tristeza, da desesperança, do abatimento pode levar a pessoa ao suicídio ou à morte por excesso de tristeza.

 

         É preciso ter um renovo nas nossas emoções, nos acontecimentos que surgem. Jesus também foi tentado em todas as coisas, diz Hebreus 4.15 “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado”. ”Jesus enfrentou todos os desafios da carne, todos os ataques das emoções, tudo”! Houve um momento, que o próprio Jesus passou por um problema de depressão e expressou: ”A minha alma está profundamente triste até à morte; ficai aqui e vigiai comigo. Adiantando-se um pouco, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres.”(Mt.26:38-39) Ele estava profundamente triste até a morte...’

 

         

 

 

 

          Então, como o Senhor nos ensina a enfrentar a depressão?

           A depressão não é sempre um problema de pecado ou de erro, ou da presença de Satanás. Uma mãe que tem um bebê e sofre de depressão pós-parto, ela não tem um pecado, ou um erro. É uma depressão pós-parto. Há mães que matam os recém-nascidos por depressão pós-parto. Eu creio que a depressão é o resultado da vida nesta carne, num Mundo de imperfeições. A Psicanálise diz que  a depressão, a ansiedade são resultado de perfis emocionais  que revelam fraqueza em enfrentar situações negativas, perdas inesperadas, fatos dolorosos, contextos difíceis. A nossa carne sempre é  fraca. E, se a pessoa que passa por situações inesperadas negativas, não for ensinada e orientada a reagir às setas, aos dardos, aos ataques usando seu potencial interior, sua capacidade  e fé verdadeira, ela quebra em sua estrutura psicoemocional, mental e espiritual. Imaginemos hoje, pessoas  não importa qual idade, qual status social, qual religião ou ideologia, sendo atacadas em suas emoções!

 

        A Bíblia não mostra Deus punindo alguém por estar triste e deprimido. Ele é um Pai de amor. Ele nos ensina sim, no meio de provas e de lutas como reagir. Vejamos como Davi sai da depressão. 1ª Samuel 30:6 “Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus.O povo queria apedrejar Davi porque o povo estava amargurado, estava  depressivo, estava pra baixo, e quiseram apedrejar o Rei, mas ele disse que ele, no meio dessa provação, se reanimou no Senhor.

 

       1ª Samuel 1.19-20 “Levantaram-se de madrugada, e adoraram perante o SENHOR, e voltaram, e chegaram a sua casa, a Ramá. Elcana coabitou com Ana, e....ela concebeu e, passado o devido tempo, teve um filho, a que chamou Samuel, pois dizia: Do SENHOR o pedi. ”Ana, que  chorava dia e noite, que não comia, agora, Deus lhe deu um filho e ela foi renovada.

 

         Paulo disse em 2ª Coríntios 7.5-7 “Porque, chegando nós à Macedônia, nenhum alívio tivemos; pelo contrário, em tudo fomos atribulados: lutas por fora, temores por dentro. Porém Deus, que conforta os abatidos, nos consolou com a chegada de Tito; e não somente com a sua chegada, mas também pelo conforto que recebeu de vós, referindo-nos a vossa saudade, o vosso pranto, o vosso zelo por mim, aumentando, assim, meu regozijo. ”Paulo estava no caminho de uma grande depressão. Com a chegada de Tito, ele se alegrou.

 

          Quer dizer então,  que a Palavra de Deus, a comunhão dos santos, a Igreja, a oração dos irmãos são fundamentais para tirar pessoas do fundo do poço; para curar essa desesperança, essa falta de ânimo, esse tédio que muitas vezes as pessoas sentem porque estão deprimidas. Diz Hebreus 4.15-16 “Porque não temos sumo sacerdote que não possa

 

 

 

 

compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.” Quer dizer que nós podemos ter fraquezas, mas acheguemo-nos  confiadamente   junto ao Trono da Graça! Lá sim receberemos misericórdia e acharemos Graça para socorro verdadeiro! Portanto, uma mensagem, uma oração, uma imposição de mãos (se for necessário), um abraço, uma palavra de encorajamento, pode ser Deus usando o socorro em ocasião oportuna. ‘Qual é essa ocasião oportuna? É a ocasião em que dizes: ‘hoje eu não vou à Igreja, amanhã também não. Não tenho vontade de orar. Não quero mais ler a Bíblia. Eu não amo ninguém. Ninguém me ama...’ Tu estás dentro de um poço de depressão. Se a tua alma continuar abatida pode te provocar distúrbios muito grandes e sérios.

 

            Diz o Senhor em Isaías 41.10 “não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel. ”Diz em Mateus 28.20 “ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado”. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. ”Ele está conosco”!

 

           Diz em 2ª Coríntios 5.7 “visto que andamos por fé e não pelo que vemos.” Romanos 8.37 “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” Pedro disse: 1ª Pedro 5.7 “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” ‘lançando sobre Ele toda a ansiedade, a depressão, a desesperança, o desencorajamento, o abatimento, a vida terrível, o sentimento de menosprezo, de inferioridade, complexo etc…’        Jesus disse: ‘Vem! Entrega isso tudo porque Nele e em todas essas coisas nós somos mais do que vencedores...’ entrega! Se lançares sobre Ele a tua ansiedade a Bíblia diz que Ele tem cuidado de ti! Jesus disse em Mateus 6.25 “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?” Não andes ansioso. Mateus 6.33 “buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

 

             Tu tens o Espírito de Deus! Tu és propriedade exclusiva do Senhor! E, se há alguma ferida, lá no fundo do coração, seja agora sarada em Nome de Jesus! Renova a tua vida! E, que tu possas sentir uma alegria, uma convicção como Davi fez: chorou, chorou até perder as forças, mas ele se renovou no Senhor! Que isso seja agora, verdade na tua vida. Em Nome de Jesus!

 

Acad. Apóstolo Miguel Ângelo Ferreira.

 

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias da AELB

Recital de Música Sacra na Igreja da Candelária

14/09/2018 13:37
A Academia Evangélica de Letras do Brasil – AELB,   Vem convidar V.Exa. e sua digníssima...

Publicada a "Carta de Notícias" do mês

05/04/2018 19:16
Clique aqui e se informe.

Itens: 1 - 2 de 38

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>