Esforça-te e tem bom ânimo

30/04/2015 17:48

Esforça-te e tem bom ânimo

Por *Rubens Teixeira

No mundo de dificuldades em que vivemos, há os que desejam apenas o básico para a sua subsistência, há os que lutam pelo sucesso de forma mais destacada e há os que buscam a possibilidade de fazer algo pelos seus semelhantes. Os que querem apenas o básico se assemelham a um nadador que deseja se salvar nadando e, com isso, evitar seu afogamento.

Os que querem o êxito mais destacado se assemelham ao nadador disposto a transpor as águas com maestria tal, que lhe garanta aplausos dos observadores. Os que se aprimoram observando o seu semelhante se equiparam ao salva-vidas que, além de nadar para se salvar, se expõe buscando salvar a vida alheia. Nesse último caso, ele deve ser um nadador de alto nível e detentor de técnicas especializadas.

Para atingir a excelência que garanta um nível de habilidade para defender a si próprio e aos outros, é necessário haver preparação. Salvar alguém de um afogamento é uma missão difícil. Se assim não fosse, muitos seriam capazes de fazê-lo. Para alcançar este nível, portanto, é necessário um treinamento específico, normalmente desgastante e que exige dedicação.

Alcançar a credibilidade de ser um salva-vidas é uma coroação de exaustivos treinamentos e estudos. Normalmente, as dificuldades impostas nos treinamentos são maiores que as enfrentadas em uma situação real.

Isso é proposital, visto que o treinamento mais difícil garante maior possibilidade de êxito na batalha real. Nas forças armadas, por exemplo, há um ditado que diz: “Treinamento difícil, combate fácil.”

Para as demais atividades da vida não é diferente. Tudo que leva alguém ao destaque é precedido de um treinamento que, muitas vezes, envolve riscos. Para enfrentar esta trajetória é necessário haver esforço e dedicação. Nas etapas difíceis do treinamento podem acontecer infortúnios, ainda que circunstanciais.

Na nossa vida é assim. Ninguém alcança níveis de excelência sem antes passar por circunstâncias que vão, no futuro, garantir a confiabilidade de quem se habilitou para essas difíceis situações. Josué, sem saber que seria o sucessor de Moisés, enfrentou batalhas duras cumprindo as ordens de Moisés, arriscando-se muitas vezes.

Quando saía para uma batalha, ou mesmo para cumprir missões de espionagem, como foi em Canaã, estava exposto a situações de alto risco e dificuldades. Mas ele não fugia do combate.

Josué recebeu de Deus missões difíceis acompanhadas das palavras: “Esforça-te e tem bom ânimo”. Esforçar-se e ter bom ânimo expressa uma proatividade para a guerra. Uma disposição para o enfrentamento. Uma vocação para a conquista. Este perfil traz embutido em si uma disposição para o sacrifício, para o risco, mas traz também uma perspectiva de alto desempenho, de resultados excelentes.

Deus espera de nós o melhor. Este melhor aponta para resultados que são compatíveis com o que diz as escrituras quando afirma que ele pode fazer “muito mais do que pedimos ou pensamos”.

Todavia, para chegar a este nível, há um caminho a percorrer. Há desgastes a enfrentar. Há palavras de desânimo a serem ouvidas. Há riscos e infortúnios de várias formas e origens. Mas, no final dos obstáculos haverá êxito e vitória.

Ao final desse treinamento, Deus deseja que estejamos prontos para servir, para ajudar e para dizer às pessoas que todos os obstáculos foram enfrentados pela fé no Senhor Jesus.

E assim, quanto mais difíceis eles forem, reconheceremos que o resultado final dependeu menos de nós e mais da nossa fé no Senhor!

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias da AELB

Publicada a "Carta de Notícias" do mês

08/11/2018 19:16
Clique aqui e se informe.

Recital de Música Sacra na Igreja da Candelária

14/09/2018 13:37
A Academia Evangélica de Letras do Brasil – AELB,   Vem convidar V.Exa. e sua digníssima...

Itens: 1 - 2 de 38

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>