O perfil moral para o homem público cristão

30/04/2015 17:52

O perfil moral para o homem público cristão

por RUBENS TEIXEIRA***

A estrutura pública foi reconhecida pelo próprio Jesus Cristo quando disse “Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus.” (Mt 22.21). Quando levaram uma pecadora perante o Senhor, evitando o confronto, sem descumprir a lei, ele proferiu “Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.” (Jo 8.7). Com isso demonstrou buscar o consenso e a paz social com sabedoria.

Para que haja a paz social, todos devem cumprir as leis. O sábio rei Salomão, entendido de administração pública e de poder político afirmou que “quando os justos se engrandecem, o povo se alegra, mas, quando o ímpio domina, o povo suspira.” Pv 29.2. É o que está acontecendo há tanto tempo no Brasil e em diversas partes do mundo onde os ensinamentos de Cristo são desprezados.

Religiões não têm solução para os problemas sociais, pois cada um tem a sua e a imoralidade continua. Os cientistas sociais desenvolvem estudos profundos na busca de soluções para as graves questões que afetam à sociedade, mas obtém sucesso muito limitado. O progresso científico-tecnológico é usado tanto para o bem quanto para o mal. A tecnologia aumenta a eficácia dos instrumentos do Estado que buscam combater os criminosos, mas nada disso tem coibido, de forma eficiente, a corrupção. Embora tenham dado a sua contribuição, todos os instrumentos e métodos acima não mudam o caráter, pois a grave deficiência encontra-se nos valores.

Muitos se baseiam na premissa de Maquiavel de que os que mais se destacam são aqueles que pouco se preocupam em honrar as suas promessas. O homem com bons princípios, entretanto, tem compromisso com a verdade e que antes de ter compromissos com homens, os tenha com Deus.

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias da AELB

Publicada a "Carta de Notícias" do mês

08/11/2018 19:16
Clique aqui e se informe.

Recital de Música Sacra na Igreja da Candelária

14/09/2018 13:37
A Academia Evangélica de Letras do Brasil – AELB,   Vem convidar V.Exa. e sua digníssima...

Itens: 1 - 2 de 38

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>