Pessoas bem resolvidas

30/09/2014 18:58

Nesta caminhada pela vida, somos gratificados pela descoberta de pessoas que nos contagiam com seus pensamentos, atitudes e comportamentos. E por isso mesmo elas se tornam nossos modelos e referências. É precioso estar com elas e mais ainda desfrutar de sua companhia, ainda que por um tempo restrito. Viver ao lado delas, nos dá ânimo, entusiasmo, vigor e, sobretudo, visão diferenciada da vida.

Eu chamo de pessoas bem resolvidas aquelas que tem uma história de vida. E ao longo de sua existência foram superando situações, aprendendo com seus erros, vivenciando novos desafios e vencendo, apesar de algumas viverem suas limitações pessoais, familiares, financeiras, educacionais, etc.

Na minha adolescência, eu conheci uma pessoa resolvida cujo nome era Pedro Almeida. Carinhosamente era chamado de ‘Seu Pedro'. Que figura simpática, atraente, carismática e bem humorada. A sua história de vida tinha tudo para ser uma pessoa frustrada, mau humorada e mal resolvida. Ele nasceu em uma família de agricultores, pobres, sem escolaridade e vivendo em uma fazenda distante. ‘Seu Pedro' foi o único que estudou naquela família. Faz apenas o primário. Mas sempre que ia a cidade estudar, passava na única banca de jornal de sua cidade e perguntava se ainda tinha jornal ou revista velha. E sempre tinha. Tornou-se amigo do jornaleiro que se encarregava de juntar aquilo que podia para dar a seu amigo. E foi assim que ele foi se afeiçoando a leitura, aprendendo sobre política, educação, economia, saúde, negociações, vendas... Lia tudo que lhe chegava as mãos.

Aprendeu que na vida, todos somos solitários construtores de nós mesmos. Ele cursou apenas o primário. Ele não podia continuar estudando, mas podia continuar aprendendo. E então decidiu tomar uma pequena quantidade de dinheiro emprestado e se tornou um vendedor ambulante de roupas. Tinha vocação para negociar. E nessa sua atividade foi fazendo novos amigos, construindo relacionamentos. Não negava que tinha uma família pobre e que todos moravam na roça e não tinham estudos. Ele mesmo falava de forma errada as palavras. Não sabia regras gramaticais. Por vezes, era criticado, censurado e era motivo de zombarias. Mas ele nem ligava e até sorria de sua forma errada de falar. E seguia em frente.

Anos depois, comprou uma barraca na feira de sua cidade. O movimento aumentou. As pessoas gostavam de conversar com aquele homem que ‘sabia de tudo e era bem informado'. Ele sempre tinha uma mensagem de estimulo, encorajamento e desafio. Eu fui um privilegiado adolescente, convivendo com ‘Seu Pedro'. Ele era uma pessoa muito bem resolvida e que me ajudou também a sê-lo.

Depois que saí da Bahia, fui estudar e me tornei um pesquisador na área da neurolinguistica. Publiquei muitos livros e artigos. Então, decidi pesquisar comportamentos e encontrar os elementos que tornam algumas pessoas bem resolvidas. Como elas pensam? Como sentem? Como se comportam diante das falhas? Por que continuam sempre avançando? Em minhas pesquisas, encontrei sete razões pelas quais elas se tornam referências?

1ª. Pessoas bem resolvidas rejeitam a rejeição. As pessoas bem resolvidas, crescem, se desenvolvem e fazem isso porque elas não baseiam o seu valor pessoal no seu desempenho. Elas têm uma auto-imagem positiva que reside no interior delas. Em vez de ficarem repetindo: 'Eu sou um fracasso', elas dizem: 'Eu errei aquela vez', ou 'Eu cometi um erro e vou corrigir isso logo, logo'

2ª. Pessoas bem resolvidas vêem o fracasso como algo temporário. As pessoas que personalizam o fracasso vêem um problema como um buraco no qual elas estão permanentemente presas. Mas as pessoas bem resolvidas vêem uma situação difícil e desagradável como algo temporário. Se ‘Seu Pedro' tivesse visto o fato de ser filho de pobres, não ter dinheiro e não ter estudado, ele teria permanecido preso a essas cadeias mentais e nunca teria continuado a tentar e acreditar no seu potencial.

3ª.Pessoas bem resolvidas vêem os fracassos como incidentes isolados. Quando as pessoas bem resolvidas fracassam, elas vêem o fracasso como um evento momentâneo, não como uma epidemia que dura a vida inteira. Ele não é algo pessoal. Se você quiser ser bem resolvido, não permita que qualquer incidente isolado encubra a visão que você tem de si mesmo.

4ª. Pessoas bem resolvidas mantêm expectativas realistas. Quanto maior o feito que você desejar realizar, tanto maior a preparação mental exigida para superar os obstáculos, e perseverar durante a longa jornada. Se você quiser dar um passeio pela vizinhança, você pode, é claro, esperar poucos  problemas. Mas, este não é o caso se você pretende escalar o monte Everest. É preciso tempo, esforço e habilidade para superar fracassos. Você precisa encarar cada dia com expectativas razoáveis, e não sentir-se ferido quando tudo não acontece com perfeição.

5ª. Pessoas bem resolvidas concentram-se em seus pontos fortes. Uma pessoa perguntou a ‘Seu Pedro'o que fazia dele um vencedor. Ele respondeu: 'O que distingue vencedores de perdedores é que os vencedores se concentram o tempo todo naquilo que eles podem fazer, não naquilo que não podem. Eu aprendi a negociar preços, dar prazos e fazer cobranças com bom humor e criatividade'. A idéia é lembrar dos sucessos que tive em outras ocasiões'.

6ª. Pessoas bem resolvidas variam as abordagens para alcançar o sucesso. ‘Seu Pedro', ao longo de sua vida, vendeu leite, queijo, coalhada, feijão, arroz, farinha, etc. Ele estive envolvido numa média de ‘dezessete' negócios antes de encontrar aquilo que o levou ao sucesso de ter a maior loja de roupas de sua cidade. Ele continuou tentando e mudando até que encontrou algo que funcionou para ele. Ele nunca desistiu. Ele foi experimentando negócios.

7ª. Pessoas bem resolvidas se recompõem. Todas as pessoas bem resolvidas têm em comum a habilidade de se recompor após um erro, falha ou fracasso. Elas são capazes de avançar aconteça o que acontecer. E isso se tornou possível porque lembram que o fracasso não faz parte da vida. Ninguém deve transformar as falhas em algo pessoal. Esta é a maneira de uma pessoa sair do fracasso.

Estudando o evangelho, descobri que o apóstolo Paulo foi uma pessoa muito bem resolvida.  Lendo o texto de II Coríntios 11: 16-33, vi todas essas característica em sua vida. Que boa visão tinha de si mesmo e do Senhor Jesus! Como os desafios o estimulavam a continuar sua missão! Por isso mesmo disse de forma enfática e vitoriosa: 'Combati, o bom combate, completei a carreira e guardei a fé'. Ah! Que significativas palavras! Elas expressam sem retoques a vida de um homem bem resolvido. ‘Seu Pedro' e o apóstolo Paulo... Pessoas muito bem resolvidas!

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias da AELB

Recital do Coral Excelsior na Candelária

08/08/2017 16:21
A diretoria da AELB, pede por gentileza, a divulgação do Recital  do Coral Excelsior -...

Disponibilizados os vídeos das tertúlias dos "500 anos da Reforma"

14/06/2017 11:22
Se encontram disponíveis os vídeos das Tertúlias Literárias relacionadas à temática dos 500 anos da...

Itens: 5 - 6 de 37

<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>