Ocupante atual

Vanderlei Batista Marins

3º ocupante da Cadeira 10

 

Nasceu em 25 de março de 1962, em São Francisco de Itabapoana – RJ.

É filho de Maurício Ribeiro Marins e Jardineira Batista Marins.

É casado com Rita de Cássia Silva Miranda Marins e pai de Eber Jonathas Miranda Marins e Mikhael Vander Miranda Marins.

É Pastor Presidente da Primeira Igreja Batista em Alcântara e Diretor Geral do Seminário Teológico Batista Gonçalense.

É Doutor em Teologia pela Cohen University & Theological Seminary na Califórnia – EUA. Mestre em Divindade nessas universidades. Mestre e Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Fluminense. Bacharel em Ciência Jurídica pela Universidade Salgado de Oliveira. Licenciado em Filosofia. Pós-graduado em docência do Ensino Superior pela Faculdade Phênix de Ciências Humanas e Sociais do Brasil.

 

Principais Cargos e Funções Exercidos em seu Ministério

 

●Presidente das Associações Batista: Centro Fluminense, Litorânea  Fluminense e Gonçalense;

 

●Presidente da Junta de Educação da Convenção Batista Fluminense;

 

●Diretor Interino do Colégio Batista Fluminense em Campos dos Goytacazes;

 

●Presidente da Ordem dos Ministros Batistas do Estado do Rio de Janeiro;

 

● Membro da Junta Administrativa do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, no Rio de Janeiro;

 

● Membro da Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira;

 

● Diretor Geral Interino do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil;

 

● Presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil - Seção Fluminense;

 

●1º Vice-Presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil;

 

●Presidente da Convenção Batista Brasileira (2015-2017);

 

●Membro do Conselho Geral da Convenção Batista Brasileira;

 

●Professor e atual Diretor do Seminário Teológico Batista Gonçalense;

 

●Presidente da Convenção Batista Fluminense, 14 vezes, sendo seu atual Presidente;

 

●Membro da Associação Brasileira de Mídias Evangélicas.

 

Obras publicadas

 

Revista “Palavra e Vida” e Revista “Vigiai” (várias edições)

● “O que todo crente precisa saber?”;

● “O que é ser igreja hoje?”;

Livros:

● “Excelência no Ministério Pastoral”;

● Autor do capítulo 17 do livro “Comentários à Declaração Doutrinária da   Convenção Batista Brasileira – Dr. Ebenézer Soares Ferreira (org.);

● Moção de Repúdio da Convenção Batista Brasileira – 30/ 03/ 2016;

● Entrevistas e artigos para  Revista “Vigiai”;

● Pastorais – Primeira Igreja Batista em Alcântara.

 

Condecorações e Premiações

 

a. Cidadão Fidelense (resolução 412) Câmara Municipal de São Fidélis – 06/04/1992;

b. Cidadão Cabofriense, Câmara Municipal de Cabo Frio – 12/11/1998;

c. Cidadão Gonçalense (resolução 86/02) Câmara Municipal de São Gonçalo – 16/12/2002;

d. Título de Benemérito do Rio de Janeiro pela ALERJ (resolução 740/2004) aprovado em 11/11/2004;

e. Moção da Câmara Municipal de Aperibé por presidir a Convenção Batista Fluminense em seu centenário;

f. Moção Honrosa da Câmara Municipal de Volta Redonda por presidir a 100ª Assembleia da Convenção Batista Fluminense – 23 a 27/07/2008;

g. Honra ao Mérito concedida pelos batistas fluminenses pela eleição a presidente da Convenção Batista Brasileira em 15/02/ 2015;

h. Medalha Tiradentes concedida pela ALERJ (resolução 767/2013).

* Em todo seu ministério, como servo do SENHOR, vem marcando presença em momentos importantes na área de educação e evangelização, tais como:

a. Participação em audiência pública no Supremo Tribunal Federal, Brasília;

b. Participação no Simpósio Nacional do Novo Código e as Igrejas, Rio de Janeiro.

 

 

Hernandes Dias Lopes

2º ocupante da Cadeira 10

 

*** Biografia pendente ***

 

Patrono

Domício Pereira de Mattos

1º ocupante da Cadeira 10

 

DOMICIO PEREIRA DE MATTOS, natural de São Paulo, Capital, 31.01.1916, escreveu, entre outros, O TEANTROPOS(tese), O ULTIMO PASSAGEIRO DA BALSA, A POSIÇÃO SOCIAL DA IGREJA, OS 101 ANOS DE HAROLDO COOK, O MEU JESUS CRISTO, DEVANEIOS, SELEÇÃO DE TEXTOS DO ANTIGO E NOVO TESTAMENTO, SOCIOLOGIA DO DIREITO(DIDÁTICO), UMA SÓ CARNE, este, em co-autoria com sua esposa Ceres Toledo, sem dados biográficos completos nos livros e sem qualquer outra informação ao alcance da pesquisa, via textos editados. Filho de pais não revelados em sua biografia. Após os estudos primários em sua terra natal, deslocou-se para outros centros, onde também estudou.
Bacharelou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano de Campinas, São Paulo, em 1941, com 25 anos de idade. Foi ordenado Pastor Presbiteriano, em 1942, com 26 anos, pelo Presbitério de São Paulo, passando a pastorear em Varginha, Santos, Lapa, São Caetano, Unida e Congregação de Jardim das Oliveiras. Em 1943, com 27 anos, casou-se com Ceres Toledo de Mattos, com quem teve o filho Cercio, falecido com 47 anos, que lhe deixou os netos Carina e Luis Felipe.
Em 1953, com 37 anos, foi transferido para o Presbitério do Rio de Janeiro, passando a pastorear as Igrejas de Ramos(32 anos), Praia de Botafogo, Olaria, Penha. Fez Mestrado em Jornalismo, em 1959, com 43 anos. Mestrado em Teologia, em 1969, com 53 anos, na Universidade de Syracuse e no Union Theological Seminary de Nova York. Bacharelou-se em Direito, em 1972, com 56 anos.
Durante mais de 50 anos, foi Pastor Presbiteriano de diversas Igrejas Presbiterianas. Durante 13 anos, como Jornalista Profissional, dirigiu a Imprensa Oficial Presbiteriana.
Em 1984, com com 68 anos, criou, junto com nove companheiros, o Presbitério Haroldo Cook. Foi Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Professor da Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas do Rio de Janeiro. É Editor do jornal trimestral IMPRENSA EVANGELICA. Conferencista em vários eventos evangélicos internacionais. Visitou 33 paises em 5(cinco) Continentes. Ministro da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil. Moderador do Presbitério Bethesda, com sede em Copacabana, no Rio de Janeiro.
Durante seu Ministério na IPB, presidiu o Sínodo Meridional, o Sínodo Central e o Sínodo da Guanabara. Por 16 anos, participou da Comissão Executiva do Supremo Concílio. Presidiu os Presbitérios de São Paulo e Rio de Janeiro. Foi o representante, por duas vezes, na Aliança Mundial Presbiteriana, em Evaston(USA) e Genebra(Suíça).
Foi Redator, por 11 anos, do Órgão Oficial O PURITANO, depois O BRASIL PRESBITERIANO. No dia 31.01.2006, quando completou 90 anos de idade, o Conselho Administrativo da Igreja Presbiteriana da Paria de Botafogo, lhe prestou uma homenagem com um CULTO DE AÇÕES DE GRAÇAS e com a publicação de seu livro OS ANSEIOS DA ALMA.
Na Academia Evangélica de Letras do Brasil é o 1º Ocupante da Cadeira 10 que tem como Patrono ele mesmo Domício Pereira de Mattos. Esta Cadeira 10 nunca teve 2º Ocupante, em virtude do titular se achar vivo. Vale salientar que dos fundadores da Academia em 23.10.1962, só há dois vivos: EBENEZER SOARES FERREIRA e DOMICIO PEREIRA DE MATTOS.
Não é analisado na ENCICLOPÉDIA DE LITERATURA BRASILEIRA, de Afrânio Coutinho e J. Galante, edição do MEC, 1990, com revisão de Graça Coutinho e Rita Moutinho, em 2001.
Apesar de sua importância, não é estudado no DICIONÁRIO HISTÓRICO-BIOGRÁFICO BRASILEIRO(2001, 5 volumes, 6.211 páginas), da Fundação Getúlio Vargas e nem é convenientemente referido, em nenhuma das enciclopédias nacionais, Delta, Barsa, Larousse, Mirador, Abril, Koogan/Houaiss, Larousse Cultural, etc.
É verbete do DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO REGIONAL DO BRASIL, de Mário Ribeiro Martins, via INTERNET, dentro de ENSAIO, no site www.usinadeletras.com.br ou www.mariomartins.com.br
 

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias da AELB

Recital de Música Sacra na Igreja da Candelária

14/09/2018 13:37
A Academia Evangélica de Letras do Brasil – AELB,   Vem convidar V.Exa. e sua digníssima...

Publicada a "Carta de Notícias" do mês

05/04/2018 19:16
Clique aqui e se informe.

Itens: 1 - 2 de 38

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>