• instagram-logo
  • YouTube Social  Icon
  • Spotify ícone social
  • SoundCloud ícone social
  • Twitter Social Icon

© 2019 por Wittenberg

Buscar
  • AELB

Submissão

Acad. Noélio Duarte (Cad. 13)


Ali estava Jesus, gentil, generoso,

Proclamando o Reino glorioso,

Para uma multidão escutar...

Ele falava e havia entendimento;

Ele ensinava: havia sentimento;

E muitas pessoas, pôs-se a curar.

E em determinado momento,

Um grupo com grande lamento,

Diante de Jesus veio seu prostrar.

Eram dez homens clementes;

Eram dez seres comoventes;

Eram dez vidas ansiosas a gritar:

“Mestre, precisamos de cura!

Mestre, o sofrimento nos tortura!

Mestre, salva-nos por amor!”

E os dez seres ali prostrados,

Confiantes, contritos, ajoelhados,

Se curvaram diante do Senhor.

Eram dez leprosos sofredores,

Homens rejeitados, com dores,

Párias de uma sociedade cruel...

Viviam do lado de fora da cidade,

E agora clamavam por piedade...

A humilhação é pior do que o fel!

Mas Jesus, olhando aquela cena,

Disse-lhes de forma bem amena:

“Filhos, eu vou lhes atender;

O meu coração é misericordioso,

O meu amor é bem generoso,

Haverá a cura, se puderem crer!”

Eles unidos, fitando, suplicantes.

Disseram-lhe de forma altissonante:

“Cremos, sim! Nós cremos no Senhor!

Estenda a Sua doce mão sobre nós,

Escute agora a nossa angustia e voz,

Retire de nós a vergonha e dor!”

Então, Jesus os curou completamente

E eles foram correndo alegremente,

A sua restauração compartilhar!

Mas um – apenas um – se voltou

E humildemente, curvado se prostrou...

A sua gratidão veio ali manifestar...

E Jesus, surpreso e contemplativo,

Perguntou aquele ser tão vivo:

“Não eram dez aqueles que curei?”

Sim, Senhor eu fazia parte do drama,

Mas eu voltei.... Minha alma lhe ama

E para sempre eu lhe seguirei!

A gratidão é mais que um sentimento:

É uma forma nobre de reconhecimento

Por algo realizado em nossa existência...

Sejamos mais gratos, constantemente;

Reconheçamos os feitos alegremente.

Afinal, isso se chama coerência!

Sim,

Diante daquilo que Deus faz por nós,

Levantemos ao Alto a nossa voz

E falemos com a emoção que reluz:

“Obrigado, Somos-lhe muito gratos!

Obrigado, Senhor, pelos grandes atos!

Obrigado, Senhor, por termos JESUS!

7 visualizações