Buscar
  • AELB

A Vida

Acad. Eliúde Marques (Cad. 12)



A vida é um sopro: eis a verdade austera.

Somos feitos do pó e havemos de tornar

Ao mesmo pó da terra após a nossa era,

Quando o espírito, do corpo se desenlaçar.

A vida logo passa, é um sonho, uma quimera;

É vela que o fogo do tempo há de gastar;

É duração de umas oitenta primaveras,

Das quais o seu melhor é viver para amar.

A dor, o sofrimento, o amor, a alegria

Giram todo o caudal do nosso dia-a-dia,

Até que, então, se cumpra o fim da nossa idade.

Vivamos, pois, aqui com tal sabedoria,

(Semeando e colhendo os frutos da harmonia),

Para com Deus estarmos na Eternidade!


0 visualização
  • instagram-logo
  • YouTube Social  Icon
  • Spotify ícone social
  • SoundCloud ícone social
  • Twitter Social Icon

© 2019 por Wittenberg