• instagram-logo
  • YouTube Social  Icon
  • Spotify ícone social
  • SoundCloud ícone social
  • Twitter Social Icon

© 2019 por Wittenberg

Buscar
  • AELB

Brasil Saudade

Acad. Ruth Vianna (Cad. 39)



Eu quero ver de novo aquele meu Brasil!

Dos anos que se foram, dos pés de manacás,

dos ipês floridos, dos laranjais mais lindos;

aquele meu Brasil de céu brilhante, anil!

Berço de ouro! Terra de sonhos coloridos,

Brasil cantado – inteiro – por alegres sabiás.

Eu quero ver de novo aquele meu Brasil!

Escrevendo sua história com dignidade,

amado e respeitado, louvando seu passado;

aquele meu Brasil de porte varonil,

vestindo o manto com o qual foi batizado,

abraçado à bandeira de sua liberdade.

Eu quero ver de novo aquele meu Brasil!

Forte, crente, capaz de exorcizar seus medos

nos campos férteis dos imensos cafezais;

aquele meu Brasil que o mundo descobriu,

tão belo e tão gigante quanto seus mananciais.

Brasil verdade, que se mostra sem segredos.

Eu quero ver de novo aquele meu Brasil!

De um povo bravo, que jamais se acovardou.

Brasil liberto – de fato – no auge daquele brado;

aquele meu Brasil, que das lutas não fugiu;

que veste as cores da fé e preserva seu legado;

que guarda na alma os troféus que conquistou.

Eu quero ver de novo aquele meu Brasil!

De gente patriota, que honra seu real pendão.

Pátria querida, que sabe amar e ser amada;

aquele meu Brasil, valente, garboso, viril!

Que se orgulha das medalhas sobre a farda;

e mostra seus brasões no pulsar do coração.

Eu quero ver de novo!

10 visualizações