• instagram-logo
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon
  • Convocação AELB

© 2019 por Wittenberg

AELB

Academia Evangélica de

Letras do Brasil

Cadeira 26

Titular

Acad. Maurício Melo de Meneses

Sexto ocupante desta cadeira.

 

Nascido em 2 de maio de 1955 na cidade de Patrocínio (MG), se mudou em 1975 Mato Grosso onde graduou-se em Engenharia pela Universidade Federal. Pós-Graduado pela Universidade Federal do Pará, possui cursos complementares na Escola Superior de Guerra, Instituto Haggai no Brasil e Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.

 

Casado há-35 anos com Ramilza Bucair de Meneses, com quem teve dois filhos: Maurício e Flavianne, é avô de Caio, Eduardo e Melissa.

 

Foi Superintendente do Shopping Center Goiabeiras e, Diretor da Assembleia Legislativa do Estado do Mato Grosso.

 

No âmbito eclesiástico-religioso, foi agraciado com o título de Presbítero Emérito da Igreja Presbiteriana do Brasil, tendo sido membro Comissão da Executiva por mais de 20 anos. Foi Primeiro Secretário da Mesa do Supremo Concílio da IPB de 1986 a 1994 e presidente dos Gideões Internacionais no Brasil por seis mandatos.

 

Atualmente desenvolve seus trabalhos como Gideão em São Paulo, atuando no financiamento e distribuição de Bíblias nos diversos rincões da cidade de São Paulo. É membro da Igreja Presbiteriana de Pinheiros, onde desenvolve trabalhos caráter social e religioso.

 

É empresário e sócio da empresa de entretenimento "Planet Park Ltda."É autor de dois livros nos campos de Filatelia e História.

 

Como cidadão Paulistano, foi Presidente do Conselho de Curadores do Instituto Presbiteriano Mackenzie de 1996 a 2003, Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Presbiteriano Mackenzie, de 2010 a 2013 e atualmente é o Presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie e da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

5º ocupante

Acad. Paulo Mafra de Siqueira

Quinto ocupante desta Cadeira.

 

Paulo Mafra de Siqueira nasceu em 1935 e reside em Vitória. Casado, pai de três filhos e avô de quatro netos, bacharelou-se em Teologia pelo Stbsb (Rj); licenciado pleno em Pedagogia pela Ufes; pós-graduado em Planejamento Educacional pela Fisg (Rj); e, em Educação Infantil pela Faesa. Exerceu a função pastoral nos Estados de São Paulo, Paraná e no Estado.

Atuou no magistério como professor, supervisor educacional e diretor de unidade escolar. Em 2007, lançou o seu primeiro livro “Em busca do conhecimento de Deus”, lido em quase todo Brasil. 

4º ocupante

Acad. Lecy Nunes Souza

Terceiro ocupante desta Cadeira.

 

         LECY NUNES SOUZA, natural de Três Rios, Minas Gerais, 04.10.1933, escreveu, entre outros, DE DIACONO PARA DIÁCONO (Rio, Juerp, 2006), DIACONIAS-O MULTIMINISTÉRIO DO MINISTÉRIO DIACONAL(Rio, Juerp, 2006), DIACONIA-DA ESCOLHA À CONSAGRAÇÃO(Rio, Juerp, 2006).
Formou-se em Direito e exerce a advocacia no Rio de Janeiro. Conhecido como Doutor Lecy.
Durante mais de 25 anos, tem sido diácono de várias Igrejas Batistas do Estado do Rio de Janeiro. Sobre o assunto escreveu também um livro, transformado em Manual de Diáconos. Recebeu da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, moção de APLAUSOS E CONGRATULAÇÕES, no dia 01.02.2005.

3º ocupante

Acad. Ivan Espíndola de Ávila

Terceiro ocupante desta Cadeira.

 

          IVAN ESPINDOLA DE ÁVILA, natural de Santos, São Paulo, 04.03.1933, escreveu, entre outros, A BIBLIA SEMPRE A BIBLIA(Ensaio-1970), VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO(Crônicas-1976), BENÇÃO NA SOLIDÃO(Crônicas-1982), NÃO CHORE, AGRADEÇA(Crônicas, 1994), A BÍBLIA AO LONGO DO CAMINHO, POR QUE DEUS NÃO ACEITOU A OFERTA DE CAIM? BÊNÇÃOS NA SOLIDÃO, ELES CAÍRAM PARA CIMA, ANEDOTÁRIO RELIGIOSO DO BRASIL, OUTRAS HISTÓRIAS ENGRAÇADAS, PÉROLAS DE SABEDORIA, MEU PAI ERA PASTOR, TIPOS DE CRENTES.
Em 1954, com 21 anos de idade, formou-se Bacharel em Teologia. Em 1959, com 26 anos, tornou-se Bacharel em Direito, fazendo-se Advogado. Em 1967, com 34 anos, concluiu o curso de Filosofia Pura. Em 1977, foi Deputado Estadual, pelo Estado de São Paulo.
Na Academia Evangélica de Letras do Brasil, é o 3º Ocupante da Cadeira 26 que tem como Patrono e 1º Ocupante Gerson Mendonça. Esta Cadeira tem como 2º Ocupante Jorge Bertolaso Stela e como 4º Ocupante Lecy Nunes Souza.
Foi membro da Ordem dos Parlamentares do Brasil. Na Assembleia Legislativa de S.Paulo, era conhecido como o “Deputado da Bíblia”. Foi Secretário Regional da Sociedade Bíblica do Brasil. Membro da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), da Associação Paulista de Imprensa (API) e Sindicatos da categoria. Foi Vereador, na Capital paulista e ocupou três mandatos de Deputado Estadual em São Paulo.
Membro de inúmeras entidades culturais e religiosas. Ocupou a presidência da Confederação Evangélica do Brasil, da Rede Cristã de Comunicações, da Cruzada Mundial de Literatura, do Centro Áudio Visual Evangélico e do Lar Evangélico de Amparo à Velhice, de Santos, e do Conselho da Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil OMEB. Radialista, Escritor, Ensaísta, Cronista.
Pastor Honorário das Igrejas Congregacionais de Ramos (Rio de Janeiro), de S.Vicente e de Guarulhos. Integrou o Conselho da Associação Cristã de Moços e o Conselho da Associação Paulista de Imprensa.
Na Academia Evangélica de Letras do Brasil é o 3º Ocupante da Cadeira 26 que tem como Patrono e 1º Ocupante Gerson Mendonça. Esta Cadeira 26 tem como 2º Ocupante Jorge Bertolaso e como 4º Ocupante Lecy Nunes Souza.
Idealizou, organizou e foi primeiro presidente da APEL- Academia Paulista Evangélica de Letras, e Presidente Emérito, quando deixou a liderança por motivo de enfermidade.
Faleceu no dia 06.01.2006, com 73 anos de idade. O Culto em Ação de Graças pela vida e ministérios do Rev. Ivan Espíndola de Ávila teve lugar na Igreja Presbiteriana da Vila Mariana em S.Paulo.

 

2º ocupante

Acad. Jorge Bertolaso Stella

Segundo ocupante desta Cadeira.

 

          JORGE BERTOLASO STELLA, natural de Abadia(Pádua), Itália, 01.08.1888, escreveu, entre outros, MONOGEISMO LINGUISTICO(1927), AS LINGUAS INDIGENAS DA AMERICA(1928), VESTIGIOS DA LINGUA PRIMITIVA(1933), EUCLIDES DA CUNHA(Biografia-1977), ANTOLOGIA DE ESTUDOS RELIGIOSOS(1979), AS SETE CARTAS DO APOCALIPSE(1944), AS DESCOBERTAS DOS PAPIROS DO MAR MORTO(1960), UM NOVO TESTAMENTO BASCO(1963), ORAÇÕES DA ALMA(1967), A ORAÇÃO NA HISTORIA DAS RELIGIÕES(1968), INTRODUÇÃO ÀS UPANISHADAS(1969), PROVERBIOS DA INDIA(1971), OS MANUSCRITOS DO MAR MORTO(1972), A VIDA DE JESUS CRISTO(1972).
Filho de Fortunato Bertolaso e Domenica Stella. Veio para o Brasil com 3 anos de idade, em 1891 e em 1918, com 30 anos, naturalizou-se brasileiro. 
Em 1919, com 31 anos de idade, formou-se Bacharel em Teologia, pela Faculdade de Teologia, da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil. Foi consagrado Ministro Evangélico Presbiteriano. Professor de História das Religiões da Faculdade de Teologia. Foi Pastor da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo. Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, bem como de Pernambuco, da Bahia, de Alagoas, da Paraíba, do Espírito Santo, do Rio Grande do Norte e Santa Catarina. Membro da Sociéte de Linguistique de Paris.
Professor Universitário. Membro Honorário da Sociedade Bíblica do Brasil. Membro Correspondente da Academia Amazonense de Letras, do Instituto de Estudos Etruscos da Itália, da Sociedade Geográfica de Lima, no Peru, do Instituto de Estudos Vascos, de Buenos Aires, na Argentina. Fundador da Sociedade de Estudos Filológicos de São Paulo. Membro da União Brasileira de Escritores e da Sociedade Geográfica Brasileira.

 

Patrono

Acad. Gerson Mendonça

Primeiro ocupante desta Cadeira.

 

Natural de Brotas, Estado de São Paulo, 14.05.1887, escreveu, entre outros, ALMANAQUE ILUSTRADO DE BROTAS PARA 1906, CONHECE O ROTARY?(1947), DAR DE SI(1949), ESTUDOS LITOGRÁFICOS SOBRE PERSONALIDADE JAHUENSES, O ROTARY, VERDADES ROTARIAS(1950).
Como Autodidata, não se formou em Direito, mas era Advogado Rábula conceituado. Aprofundou-se em matérias do ensino primário e secundário, especializando-se em Literatura Geral. Casou-se com Guiomar Ferraz de Mendonça, com quem teve 5(cinco) filhos. Membro da Igreja Presbiteriana do Brasil. 
Em 1909, com 22 anos de idade, passou a colaborar com os jornais ALFA e DIARIO, de Rio Claro. Em 1910, foi para Jaú, passando a trabalhar no jornal COMERCIO DE JAÚ. Militante na imprensa da cidade de Jahu, interior de São Paulo. Foi Diretor do jornal O DEMOCRATA e CORREIO DE JAÚ. Foi Governador do Rotary Internacional, entre 1943 e 1944, no 28º Distrito, São Paulo/Mato Grosso. 
Foi também Tabelião e ocupou a Promotoria Pública(naquela época, os promotores eram nomeados a bel prazer dos governantes e por isso não permaneciam nos cargos). Escreveu para jornais e revistas de várias partes do país. Esteve em diferentes congressos rotarianos no Brasil e exterior. 
Foi Prefeito Municipal de Jaú. Funcionário Público Federal e gerente de banco. Exerceu, especialmente, a advocacia criminal, como Advogado provisionado. Membro da Sociedade Paulista de Escritores e da Associação Brasileira de Imprensa.