• instagram-logo
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon
  • Convocação AELB

© 2019 por Wittenberg

AELB

Academia Evangélica de

Letras do Brasil

Cadeira 39

Titular

Acad. Ruth Vianna

Terceiro ocupante desta cadeira.

Ruth Pessanha Vianna nasceu na Fazenda Alegria, terra de seus avós paternos, no município de Campos, RJ, em 27/11/1935. Ficou órfã de pai aos nove anos de idade, num acidente que abalou seu emocional. Viveu os primeiros anos de sua infância e adolescência no Colégio Batista Fluminense, em Campos, considerando-o uma extensão de seu lar. Ali, estudou desde o Jardim da Infância até o antigo ginasial. Fez sua profissão de fé e foi batizada também ali, pelo Pr. João Barreto da Silva (seu pai espiritual e do coração), porque o Templo da 2ª Igreja Batista de Campos não havia sido inaugurado ainda; e passou a fazer parte do rol de membros dessa igreja. No final da década de 50, mudou-se com a mãe e a irmã para Juiz de Fora, MG, onde continuou seus estudos na Escola Normal Oficial, e tornou-se membro da 1ª Igreja Batista dessa cidade. Casou-se ali com Gether Moreira Vianna, membro da mesma igreja, e tiveram duas filhas (Flávia Cristina e Cláudia Márcia). Em seguida, mudaram-se para o Rio de Janeiro e se tornaram membros da Igreja Batista Itacuruçá, onde as filhas foram batizadas pelo Pr. Hélcio da Silva Lessa. Nessa igreja, prosseguiu com seu ministério cristão. O esposo, como diácono, e ela como professora de classes, secretária da Escola Bíblica Dominical e do Coro da Igreja; além de lecionar nos Colégios: Batista Shepard, na gestão do Prof. Erotildes Malta Nascimento; e no Colégio Batista Brasileiro. No final da década de 80, mudou-se para os Estados Unidos, em função do trabalho do esposo, que era advogado de causa internacional. Lá,  residiu em West Orange e depois em Montclair, NJ, onde passou a cooperar com a Brookdale Baptist Church, em Bloomfield, e St. Paul’s Presbyterian Church, em Newark; ambas no estado de New Jersey. Permaneceu lá até 1995, quando retornou ao Brasil, em conseqüência de uma grave enfermidade do esposo que faleceu pouco tempo depois, sendo velado no Santuário da Igreja Batista Itacuruçá. O tempo passou, sem que houvesse uma ruptura em seu ministério. Deus não quis vê-la só e lhe deu um novo companheiro, o Pb. Josmar Lázaro de Oliveira Smith. Casaram-se em 08/12/2002, num Culto Natalino na Catedral Presbiteriana do Rio. Ruth é professora universitária, com Pós-graduação e Mestrado em Geografia Física, atuando na área de Meio Ambiente. É também escritora, com artigos publicados em jornais, revistas e antologias, dentro e fora do Brasil. Durante os anos que residiu nos EUA, colaborou com os jornais “Brazilian Voice”, em Newark, NJ; “The Brazilian”, em New York, NY; e “Brazilian Times”, em Boston, MA. Nesse período teve o privilégio de ao lado do Rev. João Wilson Faustini (maestro renomado) criar os editoriais dos boletins dominicais da “St. Paul’s Presbyterian Church”, dar aulas de Língua Portuguesa para estrangeiros e atuar como voluntária na assistência a imigrantes portadores de leucemia, no Manhattan Hospital, em New York.  No Brasil, tem matérias no “Jornal do Brasil”, “Tribuna de Minas”, “Jornal Batista”, “Batista Mineiro”, “Revista Ecologia”, “Visão Missionária”, “Mulher Cristã Hoje”, e outros. Atualmente, colabora com o jornal “Panorama Regional”, em Miguel Pereira, RJ, com a coluna “Reflexão”. Colabora também com o IGEVA – Portal Ministerial das Igrejas Evangélicas, no Rio de Janeiro. Premiada pela AELB – Academia Evangélica de Letras do Brasil (1º lugar) com a obra “Buquê de Esperança”, coletânea de poemas. Premiada pela Library of Poetry, em Maryland, MD, com medalha, placa e gravação em fita cassete do poema “The Tree”, publicado em brochura comemorativa. Premiada pelo Centro de Estudos Literários de Juiz de Fora, MG, (2º lugar) com o poema “Noite Santa”. Menção Honrosa em Língua Portuguesa pela Revista CEPA – Círculo de Estudo Pensamento e Ação, em Salvador, BA, no concurso internacional de literatura realizado no Art Gallery, em New York, com o trabalho intitulado “Turismo – Fonte Inesgotável de Aquecimento Econômico”. Diplomada pela Universidade Federal de Juiz de Fora, pelos relevantes serviços prestados à GEMA – Grupo de Estudos do Meio Ambiente. Medalha de Honra, pela Revista CEPA, com o título: Personalidade de Importância Comunitária, pela atuação na Icla’s Foundation (pacientes com leucemia) nos EUA. Menção Honrosa, pela FUNALFA, no VI Concurso de Poesia da Biblioteca Municipal Murilo Mendes, em Juiz de Fora, MG. Moção – Voto de Aplauso e Congratulação como Colunista do Jornal “Brazilian Voice” (1990). Moção – Voto de Congratulação e Reconhecimento como escritora, outorgado pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro (24/03/2010). Diploma Mulher Destaque 2012, pelo PSD – Partido Social Democrático (26/03/2012). Tem trabalhos publicados em revistas do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Colabora com várias ONGs na área de Gestão Ambiental. Faz parte do quadro de Cuidadores da Natureza do S.O.S Mata Atlântica.
É voluntária no INPAR – Instituto Presbiteriano Álvaro Reis de Assistência à Criança e ao Adolescente. É membro da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. É membro titular da AELB – Academia Evangélica de Letras do Brasil, ocupando a cadeira nº 39.

OBRAS PUBLICADAS

Contos, crônicas, poemas e ensaios, publicados em parceria com outros escritores nos seguintes livros: “Antologia Novos Poetas” – Prêmio Wellington Brandão de Poesia (1996); “PRÁXIS” – Poesia e Prosa (1997); “Contos de Vários Cantos” – Prêmio Wellington Brandão de Contos (1997); “Antologia Versos Diversos” (1998); “CONTEMPORANEIDADE” – Poesia e Conto (2006). Todos esses livros foram lançados em Salvador, BA. Livro solo: “Universo em Prosa e Verso” – ciranda literária composta de crônicas, contos e poemas – lançado em novembro de 2009 na Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. Livro do Sesquicentenário da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro, escrito com outros dois escritores, lançado em janeiro de 2012. “Antologia de Poetas Evangélicos”, Editora Ultimato, 2014.

Alguns dos textos publicados em jornais, revistas e antologias:

● José do Egito – o Sonhador;
● Sinais de Alerta;
● Mulheres com destaque na Bíblia;
● Mãe à Moda Antiga;
● Vigílias de Oração;
● Pai Perfeito;
● Quando Aquela Trombeta Soar!...
● Lembra, mãe?
● Ambição pelo Poder;
● Vida no Altar do Senhor – homenagem ao Pr. Hélcio Lessa.
● Meu nome é Mulher;
● Falando de Terceira Idade;
● Renovando Votos e Promessas;
● Amor de Mãe;
● A Arte de Educar;
● O Pacote Perdido;
● Carta de Vó;
● Repensando a Educação;
● Dia da Bíblia;
● Ciranda Cultural;
● Natureza em Festa;
● Hino à Vida;
● Falando de Esperança;
● Frutos Literários;
● Primavera – Explosão de Vida;
● O Perfil do Escritor;
● Páginas da Vida;

Alguns poemas vencedores de concursos literários:

● Arte Santa;
● Catedral;
● Criador e Criação;
●Visão do Cosmos;
● Cântico à Bíblia;
● Bonecas de Pano;
● O Abraço;
● Babel de Emoções;
● O Grito
● Pingo de Gente
● A Árvore
● Há Fome na Terra
● O Poder da Oração
● Soldado Brasileiro
● Idade da Inocência
● Semente de Paz

2º ocupante

Acad. Hermínio da Silveira

Segundo ocupante desta Cadeira.

 

HERMINIO DA SILVEIRA, natural Rio de Janeiro, RJ, 05.05.1938, escreveu, entre outros, ETICA E REPRESSÃO SEXUAL, ADOLESCÊNCIA-UMA VISÃO DE TEMAS NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA(2004), este, em coautoria com Romana Palieraqui.
Bacharel em Teologia pela (FSTU). Mestre em Teologia. Médico pela (UNIG). Medico Hipnólogo (CRM 52-60856-5). Cirurgião Dentista pela Universidade Federal Fluminense(UFF). Pedagogo pela (UCB). Especialista em Educação Especial (UFF/PESTALOZZI). Doutorando em Ciência da Religião (ISERPERJ). Especialista em Docência Superior (UNIMEP). Titular de Ética e Deontologia (IBMR).
Diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (IBMR). Reitor do Centro Universitário Hermínio da Silveira. Grande Benemérito do IPGAP(Instituto de Politicas Governamentais e Assoreamento Parlamentar). Titulo de cidadão acreano, em 2005, pela Assembleia Legislativa. Casado com Mariuza.
Cidadão do Estado do Rio de Janeiro, pela Assembleia Legislativa, em 1996.

Patrono

Acad. Erasmo Martins Pedro

Primeiro ocupante desta Cadeira.

 

          ERASMO MARTINS PEDRO, natural do Rio de Janeiro, Capital, 02.12.1921, escreveu, entre outros, DA CAPACIDADE DO MENOR NO DIREITO DO TRABALHO(1947), FUNÇÕES CONSTITUCIONAIS DA CAMARA DO DISTRITO FEDERAL(1960), O DIVORCIO, ROTEIRO DE VIDA, DA COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS, ILHA DA FELICIDADE(Romance). Filho de Domingos José Pedro e Lavinia Martins Pedro.

Passou quase 10 anos em Salvador, só retornando ao Rio de Janeiro, em 1933. Estudou na Escola José Veríssimo e no Ginásio 28 de setembro.
Em 1936, com 15 anos de idade, foi para Salvador, Bahia, tendo estudado no Colégio Americano(depois DOIS DE JULHO). Voltou para o Rio e matriculou-se no Colégio Pedro II. Recomendado por Manuel Bandeira, seu professor, foi ser REVISOR do JORNAL DO COMERCIO. Foi locutor da RADIO TRANSMISSORA que depois se tornou RADIO GLOBO.
Em 1941, matriculou-se na Faculdade Nacional de Direito, da Universidade do Brasil(hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ). Trabalhou na Agência de Notícias Alemã TRANSOCEAN. Formou-se Bacharel em Direito, em 1945, com 24 anos de idade. Filiou-se ao Partido Social Democrático. Montou Escritório de Advocacia com Mario Tobias.
Em 1946, por concurso público, tornou-se Procurador Autárquico. Em 1953, foi ser Oficial-de-Gabinete do Ministro da Educação e Cultura, Antonio Balbino. Em 1954, tornou-se Subchefe de Gabinete do Ministro Eduardo Catalão, no Ministério da Agricultura. Em 1957, foi nomeado por Juscelino, Consultor Jurídico da Companhia Urbanizadora da Nova Capital(NOVACAP)
Professor de Economia. Presbítero da Igreja Presbiteriana. Foi Chefe de Gabinete dos Ministros da Justiça Eurico Sales e Carlos Cirilo Junior. Com o voto dos presbiterianos, em outubro de 1958, foi eleito Vereador do Rio de Janeiro.
Em 1960, foi nomeado Secretário do Interior e Segurança do novo Estado da Guanabara. Em 1966, ingressou no Movimento Democrático Brasileiro(MDB) e se elegeu Deputado Federal pelo Estado da Guanabara. Com o fechamento do Congresso Nacional, foi trabalhar no jornal O DIA, pertencente a Chagas Freitas. Foi eleito Vice-Governador do Estado da Guanabara ao lado de Chagas Freitas, Governador.
Em 1974, foi novamente eleito Deputado Federal. Em 1979, filiou-se ao Partido Popular. Em 1981, foi nomeado por Chagas Freitas, Ministro do Tribunal de Contas do Estado. Assumiu a Presidência do Tribunal entre 1985 e 1986. Foi Grão-Mestre Geral da Maçonaria. Professor de Direito Constitucional da UFRJ e da Faculdade Bennet.
Em 1998, foi publicado o livro ERASMO MARTINS PEDRO: DEPOIMENTO AO CPDOC.